Cercado por especulações, grupo do Flamengo se protege e cria blindagem

As tentativas de contratar reforços tomam conta do noticiário do Flamengo. As investidas em Robinho, Paulo Guerrero e Corinthians foram os principais assuntos da semana no Ninho do Urubu. E não são apenas os dirigentes que falam a respeito. Cada jogador que senta na cadeira da sala de entrevistas do CT responde, no mínimo, a uma pergunta sobre o tema. O discurso está alinhado. Todos reconhecem que novas peças serão úteis ao time, mas procuram valorizar aqueles que já fazem parte do elenco.

- Tenho plena convicção que o nosso elenco tem condições de brigar pelo campeonato. As especulações não interferem. Se alguém chegar, será abraçado. A gente trabalha com o grupo que tem hoje. Temos convicção e confiança nos que estão aqui hoje - frisou o zagueiro Bressan.

Em tempos de especulação, até mesmo o início ruim do time no Brasileirão fica em segundo plano. Nas duas primeiras rodadas, o Flamengo perdeu para o São Paulo, no Morumbi, e empatou em casa com o Sport. A pressão por vitórias é o segundo assunto mais comentado entre os rubro-negros. No domingo, o time de Vanderlei Luxemburgo visita o Avaí, na Ressacada, às 16h.

Os próprios jogadores tentam se blindar quando são questionados sobre contratações. Na terça-feira, o goleiro Paulo Victor chegou a ser ácido em algumas respostas, mas também reconheceu que novos jogadores são necessários. 

 Todas as equipes querem se reforçar. As 20 do campeonato. O Flamengo precisa também. Quem vier vai chegar para somar. Temos elenco para estar com mais de um ponto no campeonato. O Flamengo tem que se reforçar, é uma grande equipe. A diretoria está buscando reforços que vão mudar a história do Flamengo. Não vai ser só para somar - comentou. 
O Flamengo continua interessado em Robinho, do Santos, e nos corintianos Paolo Guerrero e Petros. A contratação do último é a mais viável. Enquanto ninguém chega, o foco é outro entre os atletas. - O que acontece fora das quatro linhas não interfere em nada para a gente.
 A gente foca em melhorar, tentar evoluir, para conquistar a vitória contra o Avaí - disse Bressan.

Fonte:GE




Mais informações »

Ainda em tratamento, Marcelo Cirino não enfrenta o Avaí



Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com Marcelo Cirino mais uma vez. O atacante do Flamengo não foi a campo nos treinos desta semana e está fora da partida contra o Avaí, domingo, na Ressacada, pela terceira rodada do Brasileirão. Ele faz tratamento para se recuperar de um edema na coxa esquerda. 

Depois de três dias de treinos e quatro atividades, Luxa ainda não deu pistas da formação que vai escolher. Contra o Sport, quando Cirino também não jogou, ele começou a partida com Gabriel, Alecsandro e Everton no ataque.

O Flamengo volta a treinar na manhã desta sexta-feira, às 10h. O time viaja para Santa Catarina na parte da tarde. O Flamengo tem apenas um ponto no Brasileirão. Na estreia, perdeu para o São Paulo por 2 a 1. Na segunda rodada, empatou por 2 a 2 com o Sport no Maracanã.

Fonte: GE

Mais informações »

Jornal Olé: Flamengo tem interesse em Burdisso, zagueiro do Boca Juniors.

Nesta quinta feira (21/05/15) o jornal 'Olé' publicou uma matéria falando da possível ida de Rojas e Burdisso para o Santos, e afirmou que o Flamengo tem interesse no segundo, que pertence ao Boca, o zagueiro de 26 anos, Burdisso.

Confira a matéria: 



Ariel Rojas do River, e Guillermo Burdisso do Boca, podem jogar juntos na equipe de São Paulo, como disse Fernando Hidalgo, que representa ambos jogadores.

Ariel Rojas já havia anunciado que não continuará no River na próxima temporada devido à falta de acordo econômico para renovar o contrato, como Fernando Hidalgo, representante do volante já havia afirmado. O empresário afirmou o interesse do Santos no atleta. E disse também que o jogador pode não ser o único a desembarcar em São Paulo, Guillermo Burdisso zagueiro do Boca, também pode ir para a equipe paulista.

"É muito provável que Rojas e Burdisso sejam parceiros no Santos ", disse.

Hidalgo disse ainda que foi prescrita uma reunião com Juan Simón, diretor de esportes do Boca , para definir se  Burdisso irá permancer na Argentina. Junto com o Santos, Flamengo e Benfica também tem interesse no defensor,

Fonte: Olé
Tradução e adaptação: Raul Sá

Mais informações »

Luxa não dá sinal de time, e treino do Fla termina com Alecsandro no gol


Flamengo, treino, Ninho do Urubu, Luxemburgo, Cáceres, Alecsandro (Foto: Richard Souza/GloboEsporte.com)

A expectativa era ver em campo pelo menos um esboço do time do Flamengo para o jogo contra o Avaí, mas ainda não foi desta vez. Na tarde desta quinta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo trabalhou cruzamentos e finalizações com o grupo. Num ataque contra defesa, orientou zagueiros e volantes na marcação. Dos laterais, cobrou qualidade no cruzamento. Já os atacantes tinham que aparecer rápido na frente do goleiro para tentar concluir. O treinamento ocorreu em espaço reduzido, a partir da entrada da grande área.
A semana do Flamengo começou na tarde de terça-feira. Na quarta, o trabalho foi em dois períodos, mas nada de time. A espera pela formação para a próxima rodada do Brasilleirão continuou nesta quinta, mas Luxa não deu qualquer pista. Na manhã desta sexta-feira, o Rubro-Negro realiza a última atividade antes da viagem para Santa Catarina. O jogo contra o Avaí será na Ressacada, às 16h (de Brasília), no domingo.
O treino desta quinta-feira terminou com uma brincadeira. O atacante Alecsandro foi para o gol e tentou defender chutes dos companheiros. Poucas bolas foram na direção do camisa 9. A pontaria não anda muito boa. 
O atacante Eduardo da Silva não foi para o gramado. Ficou na academia para fazer um trabalho de reforço muscular. Outro que não apareceu no campo foi Marcelo Cirino. Em recuperação de uma edema na coxa esquerda, ele está praticamente fora do próximo jogo.
Fonte: GE

Mais informações »

Robinho não descarta jogar em outros clubes no Brasil: "Sou profissional".

O atacante Robinho afirmou mais uma vez que não está acertado com nenhum clube. Entretanto, não descartou uma saída do Santos. Inclusive, declarou que pode defender outro clube brasileiro, até mesmo paulista, se chegar alguma proposta melhor que a do Peixe.

"Sou profissional. O clube que fizer uma proposta melhor, vou procurar atender da melhor maneira possível", disse.

Um dos interessados no camisa 7 é o Flamengo. Nos últimos dias especulou-se que já haveria um acerto com o Rubro-negro. Contudo, o Rei da Pedaladas frisou que existem outras agremiações de olho em seu futebol. "Tem interesses de outros clubes brasileiros e de fora do Brasil".

A tarefa de manter o ídolo após seu contrato, cujo término se dá em 30 de junho, passa ainda por outro obstáculo: os atrasos em seus direitos de imagem (cerca de R$ 3 milhões). "Não adianta pensar no futuro se atualmente não está nada certo."

O atacante voltou a colocar que não tem pressa para renovar. Também citou que quem precisa correr atrás de um acerto é a diretoria alvinegra. Apesar disso, garantiu que dará preferência ao Santos. "Vou dar preferência ao clube que me criou", afirmou.

Fonte: A Tribuna.

Mais informações »

Flamengo oferece 5 milhões por Petros, Corinthians exige 6 milhões.

A quantia de R$ 1 milhão separa o volante Petros do Flamengo. Desde a semana passada, as diretorias rubro-negra e do Corinthians discutem com o empresário Fernando Garcia a transferência em definitivo do jogador. O técnico Tite já o liberou, enquanto Vanderlei Luxemburgo conta com o volante.
O Flamengo quer pagar R$ 5 milhões por 50% dos direitos econômicos, enquanto o Corinthians exige R$ 6 milhões. Hoje, a empresa de Fernando Garcia, a Elenko Sports, e o Timão são donos de 50%, cada um, dos direitos sobre uma futura venda de Petros.
Ambos concordaram em ceder 25% de suas fatias para o Flamengo, dividindo pela metade o valor pago pelo Flamengo. Desta maneira, se o Rubro-Negro topar pagar R$ 6 milhões, os corintianos embolsarão R$ 3 milhões e ainda ficarão com 25% dos direitos de Petros, assim como Garcia, que, além de empresário, é conselheiro alvinegro.
“Não acho que a diferença de R$ 1 milhão é muito grande. A tendência é que as partes se acertem nos próximos dias”, avalia Garcia, animado com a possibilidade de ver seu cliente se mudar para a Gávea. O Blog revelou com exclusividade o interesse dos cariocas na contratação de Petros no dia 9 de maio.
E é bom que as partes se acertem logo, porque Petros já disputou duas partidas pelo Corinthians no Brasileirão. Se ultrapassar sete, ele ficará impedido de defender outro clube no campeonato.
 
Fonte: Jorge Nicola

Mais informações »

Após eliminação, Corinthians nega ter pressa por Guerrero.

A direção do Corinthians mudou a estratégia para renovar com o atacante Paolo Guerrero depois que o time foi eliminado da Libertadores, semana passada, para o Guaraní-PAR.
Se o clube temia perder um de seus principais jogadores caso chegasse às finais da competição, já que o contrato do peruano termina em 15 de julho, agora a pressão não existe mais e a Folha apurou que a diretoria avalia que pode ter tempo para que o jogador reduza o pedido.
A ordem é manter contato com os procuradores do atleta, sempre via presidente Roberto de Andrade, mas não se desesperar e pagar o que ele pede: US$ 7 milhões (R$ 21 milhões) de luvas para assinar a renovação e cerca de R$ 500 mil mensais, distribuídos entre valor registrado na carteira de trabalho e direito de imagem, por meio da empresa do atleta.
A avaliação da diretoria é que nenhum clube do Brasil pagará o que já ofereceu: até R$ 13 milhões de luvas e cerca de R$ 400 mil mensais. Palmeiras e Flamengo já sondaram os procuradores dos atletas, mas a própria direção do time carioca admitiu que os valores estão fora da realidade.
Também há convicção de que propostas de fora do país poderão não ser tão mais vantajosas financeiramente, já que até agora o jogador teve procura de clubes médios da Europa e do mundo árabe (que tem perdido atletas por falta de pagamento em dia).
Em participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, no domingo (17), o superintendente de futebol corintiano Andrés Sanchez disse que o clube não pagará o que o jogador quer e que não se importa que ele vá para rivais como Palmeiras, São Paulo ou Flamengo.
 
Fonte: Folha de São Paulo


Mais informações »

Flamengo tenta Ganso, São Paulo descarta liberá-lo.

O Flamengo procurou o São Paulo para tentar a contratação do meia Paulo Henrique Ganso. A diretoria tricolor disse que não há a menor chance de liberá-lo por se tratar de um “jogador-chave”. O clube paulista espera a contratação de um técnico efetivo que decidirá sobre a importância do meio-campista e do restante do elenco. As informações são do repórter Mauro Sant’Anna, da rádio Bradesco Esportes FM Rio.
Mesmo em crise financeira, o São Paulo não pretende liberar o seu camisa 10. Isso porque a aposentadoria de Rogério Ceni e uma eventual saída de Luis Fabiano dariam folga na folha de pagamento do clube.
Na semana passada, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, já havia comentado sobre o assunto. O dirigente elogiou o meia, mas desconversou sobre o interesse. O vice-presidente do Flamengo, Alexandre Wrobel, também negou a sondagem.
O Rubro-Negro não é o único clube de olho em Ganso. O Cruzeiro chegou a oferecer o zagueiro Dedé e uma quantia em dinheiro pelo jogador, proposta que foi rejeitada pelo São Paulo.
No dia 11, Ganso participou do programa "Jogo Aberto", da Band, e comentou o interesse dos dois clubes. Ele afirmou que não foi procurado pelo Flamengo e confirmou a sondagem do Cruzeiro.
 
Fonte: Bandeirantes

Mais informações »

Robinho faz críticas sobre atrasos de salário e não descarta deixar o Peixe

robinho santos (Foto: Bruno Giufrida)
O atacante Robinho tem contrato com o Santos até o dia 30 de junho, apenas, e já está pensando no futuro. Para prorrogar o vínculo e seguir por mais tempo na Vila Belmiro, ele exige receber os direitos de imagem que estão atrasados.

Durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé, o Rei das Pedaladas falou sobre o futuro, não descartou deixar o Peixe e mandou um recado para a diretoria do clube.   
- É engraçado ver os clubes falando que temos de baixar o salário quando voltamos da Europa. Mas baixamos, voltamos e, muitas vezes, não recebemos - disse o jogador, se referindo à diminuição de seus vencimentos no fim do ano passado, quando trocou o Milan pelo Alvinegro.
Apesar de dizer várias vezes durante o encontro com os jornalistas que dará preferência ao Santos nas negociações, Robinho admitiu que poderá deixar o clube após a Copa América. Ele diz que foi sondado por clubes do Brasil e do exterior e, apesar da ligação que tem com o Peixe, não vê problemas em defender outra equipe do país. 
- Sou profissional. Vou para o time que me fizer uma proposta melhor e procurar fazer o meu trabalho da melhor maneira possível – resumiu.   
Robinho se apresenta à seleção brasileira no dia 1º de junho para a disputa da Copa América, que vai até 4 de julho. Caso não chegue a um acordo com o Peixe, sequer volta para a Vila Belmiro após a competição.

Veja os principais tópicos da entrevista de Robinho:
 Sou profissional. Vou para o time que me fizer uma proposta melhor e procurar fazer o meu trabalho da melhor maneira possível"
Robinho
Futuro
- Em Santos, eu tenho casa, me sinto feliz. Acho que a diretoria já agendou conversa (com os representantes). Estou focado no jogo do fim de semana. Meu foco é jogar. Tem mais um mês de contrato. Não tenho pressa para nada. A diretoria é que tem de se manifestar.Eu fico focado no meu trabalho.
Importância da dívida
- Claro que importa. Não adianta pensar no futuro se atualmente não tem nada certo. Não só comigo, mas com todos os jogadores. Claro que vou dar preferência ao clube que me criou, mas tem de acertar tudo (para renovar). 
Por que ficar
- Ninguém gosta de sair do lugar onde é bem recebido. Sou um torcedor dentro de campo. Existem N fatores positivos para que eu permaneça no clube que me revelou, onde ganhei mais títulos. Uma série de fatores positivos e espero que eu possa seguir.
Reuniões para negociar renovação
- Eu acho que o presidente falou que tinha uma reunião agendada com meu pai e minha advogada. Eu não tenho pressa. A diretoria que tem de se manifestar e ter pressa ou não. Eu venho fazendo o meu trabalho. Procurar fazer o que tenho feito aqui no Santos. Se alguém tiver de ter pressa é da diretoria do clube.   
Preferência é do Santos...
- A preferência existe porque foi criado aqui, mas no futebol as coisas mudam muito rápido. Nunca quis usar o clube que me criou. Sou profissional. Claro que vou pensar com carinho no clube que me fizer uma proposta melhor.   
...mas vai analisar outras propostas
- Sou profissional. Vou para o time que me fizer uma proposta melhor e procurar fazer o meu trabalho da melhor maneira possível 

Interesses de Flamengo e Cruzeiro
- O que tem de verdade é que tem interesses de outros clubes do Brasil. Tenho contrato aqui com o Santos. A única verdade é essa. Não tenho nada assinado e apalavrado. Claro que quando chega perto do fim do contrato outros clubes manifestam interesse.    
Salário é sagrado

- É engraçado ver os clubes falando que temos de baixar o salário quando voltamos da Europa. Mas baixamos, voltamos e, muitas vezes, não recebemos 
Reajuste?
- Na minha vida quero melhorar em tudo. Meu chute de perna esquerda,  de direita, inclusive meu salário. Tudo dá para conversar. Tudo a gente conversa. Pode fazer adiantamento, pagar daqui a 10 anos, 20, desde que tenha um acordo. Hoje meu pensamento é de ficar aqui no clube. Mas no futebol as coisas mudam muito rápido. 

Fonte: GE

Mais informações »

Fla apresentou até plano de moradia para ter Guerrero, diz André Rizek


Mendoza Guerrero Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Imerso em problemas financeiros, o Corinthians tenta diminuir o salário de seus jogadores mais caros e pode acabar perdendo o atacante Paolo Guerrero, herói do título mundial conquistado em 2012. De acordo com o apresentador André Rizek, o peruano está próximo de deixar o clube e conta com um plano de contratação já formalizado pelo Flamengo. O jornalista destacou que até mesmo seu local de moradia no Rio de Janeiro já está estipulado.
- No plano que o Flamengo apresentou ao Guerrero, já existe inclusive o local onde ele moraria no Rio de Janeiro. Na praia da Barra da Tijuca, no Pepê, um belo local. O plano do Flamengo já está nas mãos do Paolo Guerrero. Ele tem mais nove dias para dizer se fica ou se vai. Hoje, ele está mais fora do que dentro.
O Corinthians fez uma oferta bem abaixo daquilo que Guerrero está acostumado a receber no Alvinegro e estipulou o prazo de dez dias para o peruano decidir seu futuro. O jogador tem vínculo até o dia 15 de julho. Os dirigentes do Timão negaram estarem em acordo com o Flamengo e mantêm a esperança de continuar com o atacante.
O jornalista inglês Tim Vickery, da BBC, destacou que o Flamengo pode acabar ficando sem Guerrero durante o Campeonato Brasileiro, já que o atacante deve ser convocado para a seleção peruana para a disputa da Copa América, a partir de junho.
- O Flamengo, que tem urgências no curto prazo, está prestes a gastar muita grana com um cara que vai perder pelo menos 30% do Campeonato Brasileiro.

Fonte:SporTV

Mais informações »

Fla tenta conter ansiedade, recua e não dá prazo para contratar reforços


Rodrigo Caetano conversa com o vice de futebol, Alexandre Wrobel (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Flamengo está no mercado, tenta concluir e acertar na contratação de reforços importantes, mas decidiu dar um passo atrás e apontar o foco para o próximo jogo do Brasileirão, domingo, contra o Avaí. O recuo tem explicação. A repercussão dos casos Robinho e Paolo Guerrero tomou proporções maiores do que a diretoria esperava. A intenção agora é conter a ansiedade interna e externa, já que a cobrança pela chegada de jogadores de primeira linha é cada vez maior. Os dirigentes do departamento de futebol decidiram adotar uma postura cautelosa e, pelo menos por enquanto, não vão estabelecer prazos para concluir ou abandonar negociações. Internamente, admitem que ninguém seja anunciado até o fim deste mês.
Outra preocupação: o excesso de comentários sobre o tema. O fato de o assunto reforços não ficar restrito aos membros do departamento de futebol cria ruídos. O valor que o clube estaria disposto a pagar de salário ao atacante Robinho, por exemplo, gerou contradições.
É muito provável que a expectativa do vice de futebol Alexandre Wrobel não se confirme. Há uma semana, afirmara que quatro negociações estavam em andamento, que a intenção era dar um desfecho positivo a pelo menos duas delas, e o objetivo da diretoria era anunciar um reforço nos dias seguintes, o que ainda não ocorreu. 
O Flamengo estabeleceu que R$ 4 milhões de um total de R$ 18 milhões - entre empréstimos e antecipação de receitas que deverão ser aprovados no Conselho de Administração - serão usados em negociações. 
A busca da direção por reforços tem como principais frentes Robinho, do Santos, e o atacante Paolo Guerrero e o meia Petros, ambos do Corinthians. O caso do último é o que está mais perto de um desfecho positivo. O Rubro-Negro negocia com o clube paulista a redução da pedida inicial, que foi de R$ 6 milhões por 50% dos direitos econômicos. Flamengo e Petros já têm bases salariais e tempo de contrato, que seria de quatro anos, acertados. O interesse em Robinho e Guerrero é declarado, mas ambos são caros demais para a capacidade financeira do clube. 

Fonte: GE

Mais informações »

Guardados a sete chaves: Flamengo blinda promessas da base

Douglas Baggio FLA(foto: Cleber Mendes /LANCE!Press)
Todo o cuidado é pouco com promessas no Flamengo. A torcida, impaciente por natureza, não tolera nomes que cheguem com pompa ao profissional e não se tornem grandes jogadores. E para evitar isso o Rubro-Negro montou uma verdadeira estratégia de guerra com quatro joias da base: Douglas Baggio, Jajá, Jorge e Matheus Sávio.
Nenhum dos quatro pode dar entrevistas, as redes sociais de todos têm sido monitoradas pelo clube e o pedido é que eles não chamem atenção por assuntos extra-campo. Jajá e Jorge, pré-convocados para o Mundial Sub-20, foram orientados a não falar com a imprensa nem mesmo quando estiverem vestindo representando o Brasil.
A medida é baseada no inverso ao trabalho feito com a geração de 2011, campeã da Copa São Paulo de Juniores e que contava com Adrya, Muralha, Negueba e outros que não vingaram nos profissionais. Além de não ter usado nenhum deles no time de cima - apenas César tem certo destaque, mas é reserva de Paulo Victor -, o clube não vendeu nenhuma dessas peças. Ou seja, a última grande safra de bons jogadores do Flamengo não rendeu nem um real para o clube.

Fonte: Lancenet

Mais informações »

Dirigente diz que Fla pode pagar Robinho e Guerrero sem ferir filosofia, mas proposta é inferior a de Santos e Corinthians


Tostes
O Flamengo não vai precisar “pedalar” para honrar seus compromissos caso os grandes reforços na mira — Guerrero, do Corinthians; Robinho, do Santos, emperrou — aceitem as propostas do clube. Quem garante é o vice de finanças, Rodrigo Tostes. Segundo ele, o Rubro-negro vem negociando para reduzir os valores que os jogadores pediram e recebem atualmente — na verdade, não recebem, pois há atraso nos salários de ambos.
— Se ele está em um clube onde não pagam a ele, como quer negociar com outro pedindo o mesmo salário? Por isso que não fechou, estamos negociando, tentando reduzir, encontrando soluções. A gente nunca falou que não ia contratar ninguém por dez anos — afirmou Tostes.
Segundo o dirigente, que dita a diretriz da austeridade no Flamengo, a economia feita no primeiro semestre permitirá novos investimentos a partir de agora, sem que seja dado um passo maior que a perna com a contratação de atletas de ponta.
— Não temos dúvida, o que fechar vamos honrar e não vai quebrar o clube. A gente não vai pedalar para pagar. Não precisa ter receio de que o passo é maior que a perna — justificou.
Esse passo, ou pedalada, no caso de Robinho, por enquanto está muito largo. O jogador do Santos quer um contrato longo e salário alto, na casa de R$ 800 mil. Por ora, está praticamente descartado. Já Guerrero, que recebe R$ 500 mil no Corinthians, foi procurado com uma oferta salarial mais baixa. Seus empresários, da agência OTB, disseram desconhecer a investida rubro-negra. Há receio de represálias por parte da torcida do Corinthians, mas as conversas devem avançar nos próximos dias.
— Não pagamos nada a ninguém, isso está sendo feito de forma eficiente — admitiu o vice de finanças, negando que tenha sido feito depósito de luvas para o atacante peruano essa semana.
Com a meta de encontrar uma ou duas peças para reforçar o time titular, o Flamengo tem em mãos recursos adiantados por sócios do novo contrato da Jeep. A meta é não sair do orçamento.
— O que os caras do futebol estão me passando não tem loucura. A capacidade de pagar é melhor. Não tem nada contraditório no discurso de contratar ídolo, jogador mais caro. Se está dentro do dinheiro, cabe no orçamento, tem liberdade para fazer — corroborou Tostes, descartando, porém, colocar em risco a credibilidade alcançada pelo clube para trazer qualquer um dos nomes.
Se Robinho e Guerrero aceitarem as condições, podem ser as novidades além de Petros, volante do Corinthians já encaminhado. A tendência, no entanto, é que a dupla ainda vislumbre ofertas internacionais para manter as altas pedidas. Sendo assim, o Flamengo vai seguir buscando contratações pontuais e esperar que o elenco e o técnico Vanderlei Luxemburgo correspondam.

Fonte: Extra Globo

Mais informações »

Flamengo pede retorno de Fernando, mas não deve aproveitar zagueiro


Zagueiro Fernando Bragantino Eduardo Bandeira de Mello Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

O Flamengo pediu ao Bragantino o retorno do zagueiro Fernando. O atleta de 22 anos era o último remanescente dos quatro emprestados pelo Fla ao Massa Bruta no início deste ano. O fato de o atleta ter deixado o Massa Bruta, no entanto, não significa que ele terá uma chance com Vanderlei Luxemburgo. A tendência é que o Rubro-Negro empreste mais uma vez o atleta.
Um dos possíveis destinos de Fernando é oLuverdense, onde já estão o volante Muralha e o atacante Bruninho. Muralha, inclusive, atuou junto com Fernando no Bragantino, mas deixou a equipe após o rebaixamento no Paulistão, junto com o atacante Igor Sartori e o zagueiro Renato Santos. Bruninho defendeu o XV de Piracicaba no primeiro semestre. A diretoria do LEC, no entanto, nega acerto com o atleta. Outro clube que pode receber Fernando é o Volta Redonda, que disputará a Série D do Brasileiro.
Diferente dos seus outros três companheiros que deixaram o Bragantino após desavenças com a diretoria, Fernando ganhou espaço desde que chegou ao Massa Bruta. Foi um dos poucos remanescentes após a reformulação do elenco no início deste mês. Na estreia da equipe na Série B do Brasileiro, foi titular.
No início de maio, atuou pelo Bragantino em um jogo-treino contra o Flamengo, em Atibaia. Na ocasião, encontrou alguns ex-companheiros da base rubro-negra e ainda tirou foto com o presidente do Fla, Eduardo Bandeira de Mello. O jogador tem contrato com o clube carioca até dezembro deste ano e não deve ter o vínculo renovado.
(*) Colaborou Robson Boamorte - TV Centro América

Fonte: GE

Mais informações »

Canteros não se surpreende com cobranças ao Fla: “Time grande"


Canteros (Foto: Richard Souza/ GloboEsporte.com)
O Campeonato Brasileiro não é mais novidade para o argentino Héctor Canteros. Contratado pelo Flamengo na temporada passada, disputou a edição 2014 quase toda. Sofreu com a “confusão” que o time viveu no nacional e tirou uma conclusão simples do que é preciso fazer para que o cenário seja outro em 2015. A leitura que ele faz da competição é simples.

- Tem que ganhar (risos). E estar com o elenco à disposição do treinador, brigar em cima e não perder pontos nossa casa – resumiu.

E foi esse justamente o problema do Rubro-Negro na segunda rodada. No Maracanã, a equipe de Vanderlei Luxemburgo não passou de um empate suado por 2 a 2 com o Sport. Resultado que não agradou, já que a estreia foi com derrota para o São Paulo, por 2 a 1, no Morumbi. A pressão chegou cedo ao Ninho do Urubu, e Canteros não foi pego de surpresa.  

- Não. Acho que quando você joga em alto nível, tem que saber que a crítica vai ser jogando bem ou jogando mal. Tem que estar preparado para tudo. O Flamengo é um time grande. Temos muita responsabilidade, a gente está trabalhando, sabemos que podemos mudar.

A necessidade de reação é tema das entrevistas dos jogadores. Na terça, o goleiro Paulo Victor prometeu que o mau momento não vai durar. Nesta quarta, Canteros ratificou.

- Precisamos de vitória para ganhar moral e começar a escalada. Próximo jogo será difícil, duro, temos que impor nosso jogo e buscar os três pontos.

O Flamengo enfrenta o Avaí no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Ressacada. 


Fonte: GE

Mais informações »

Piada? UOL: Prince Boateng pede 4 milhões de euros para jogar no Flamengo


Que tal Kevin-Prince Boateng no Flamengo?
A ideia pode ser mais viável do que parece. O meia atacante de 28 anos, de nacionalidade alemã/ganesa, já foi até consultado e fez o preço: 4 milhões de euros por um ano de contrato.
 A quantia é proibitiva. O Flamengo não quer gastar tanto. Por isso, a empresa RE Sports Marketing, de Goiânia, está atrás de uma empresa disposta a pagar parte do salário, além de tentar convencer Boateng a baixar este preço pela metade.
Kevin-Prince está sem clube, depois de ter jogado a última temporada pelo Schalke 04, vestindo a camisa nove. Ex-número dez do Milan, ele tem tido uma carreira com altos e baixos. O time alemão o dispensou depois da derrota para o Colônia por  2 a 0. Foi acusado de falta de comprometimento.
O empresário Ronaldo Goiano decidiu investir na ideia e está tentando viabilizar a vinda do jogador que passou por todas as divisões de base da seleção de Gana e esteve no Brasil para a Copa do Mundo de 2014. Ele foi desligado da delegação depois de dois jogos por ter brigado com Sulley Muntari, também afastado.
Recentemente, os jornais italianos publicaram notícias de que o New York Red Bulls (EUA) e o Galatasaray (Turquia) estavam interessados no jogador.
Fonte: Uol

Mais informações »