Flamengo, Palmeiras e Internacional interessados no volante Amaral do Goiás

15138742838_9296196c04
O Goiás oficializou uma proposta para renovar com o volante Amaral, mas a situação ficou em stand-by até o dia primeiro de dezembro, mesmo com a concorrência do Palmeiras. A informação foi confirmada pelo empresário Roberto Faustin, em entrevista exclusiva para o Portal Esmeraldino. 

“Vou ter uma reunião na segunda-feira que vem com o Goiás e com o Palmeiras, deixei tudo para segunda-feira”, diz Roberto Faustin.

Flamengo e Internacional também fizeram propostas para ter o atleta em 2015, mas às negociações estão em stand-by até o jogador resolver sua situação no Goiás. O empresário Roberto Faustin espera esgotar todas às possibilidades com o clube esmeraldino, que tem prioridade para renovar o vinculo com o jogador. 

Goiás melhorou sua proposta para ter o volante Amaral, por cinco temporadas onde já é considerado ídolo do time esmeraldino. A última oferta do clube para manter seu atleta animou o empresário do atleta, que tem clubes como o Palmeiras e Internacional, além do Flamengo interessados. 

Mesmo com a concorrência de outros clubes, o capitão do Goiás deixa sua situação nas mãos de seu empresário para definir sua situação até o final do ano. A diretoria esmeraldina já fez a oferta e está nas mãos de Faustin, que espera se reunir com Sérgio Rassi para acertar os detalhes.

Fonte:nacaradogol

Mais informações »

Vélez pede alto por Pratto, mas se vê 'obrigado' a vendê-lo



O futuro econômico incerto do Vélez Sarsfield vem transformando os seus desejos em algo bem distante, e as suas necessidades em algo de imediato.

“Pratto é um jogador comercializável no mercado local e no exterior por, pelo menos, 10 milhões de dólares”. Quem disse isso foi Raul Gamez, Presidente do Vélez, ao comentar a dura realidade que está por vir: A venda de seus jogadores.

A frase não pode ser vista como uma novidade, mas define bem a realidade do Clube. O Vélez Sarsfield precisará vender um dos seus bens mais valiosos. E um exemplo é o caso de Lucas Pratto. No entanto, o valor pedido pelo atacante parece exagerado se olharmos para ele. Com 26 anos, o atacante já não interessaria mais a Clubes Europeus, e isso reduz o seu preço para uma transferência.

Um exemplo claro disso foi o interesse da Universidad de Chile em levá-lo no final de 2014. No país, falaram-se em 4 milhões de dólares (o mesmo valor da sua rescisão). Um dinheiro longe do esperado pelo novo Presidente do Clube e pouco se compararmos as propostas feitas por Palmeiras no ano passado e a comentada recentemente no Flamengo.

Com R$ 40 milhões a serem pagos nos próximos meses – segundo o balanço apresentado em outubro – a possibilidade de alternativas é escassa, ainda mais em momentos que você deve pagar salários. Por um lado, a necessidade de vender para fazer o caixa necessário, e no outro, o preço abaixo do esperado e que não possibilita almejar reforços para a equipe. Um dilema...

Fonte: infovelez e noticiasfla

Mais informações »

Rubro-negros de Manaus aderem a campanha para quitar dívida do Fla



Até onde chega a paixão de um torcedor por seu time do coração? Quando o assunto é futebol, os fãs rompem barreiras e fazem de tudo para ajudar sua equipe. De tudo mesmo. Clube de maior torcida em âmbito macional, o Flamengo conta com seu “porto seguro’’, os flamenguistas, para colaborarem na quitação das dívidas do time com a receita federal.
No Rio de Janeiro, a campanha ‘’Fla em dia” foi lançada nesse cenário. No entanto, os rubro-negros não se restringem apenas a região sudeste do país. Há 30 dias, a cidade de Manaus, capital amazonense, foi a primeira do Norte a aderir ao projeto. Para isso, é necessário adquirir a camisa que esta na imagem a cima.
 - Comprando a camisa, você vai ter um desconto, que é justamente o DARF que é pago diretamente ao clube. Seria um valor de R$ 10. Então, se eu compro a camisa por R$ 59,90, automaticamente recebo um DARF e pago no valor de R$ 10. Esse darf já bate na dívida do Flamengo direto na receita federal – explicou o coordenador da campanha em Manaus, Lavor Neto.
- O flamenguista é apaixonado. Acredito que o rubro-negro surgiu em Manaus a partir da década de 80, porque as emissoras transmitiam muito o futebol do Rio. A maioria gosta mais de futebol carioca do que o paulista – finalizou.No primeiro mês de campanha, cerca de 1 mil camisas foram vendidas, na capital amazonense. De acordo com Lavor, a mobilização é baseada em apenas um sentimento: amor.
Arena Amazônia - Botafogo e Flamengo (Foto: Isabella Pina)

Flamengo de volta a Manaus
Neste sábado, os rubro-negros amazonenses vão ter a chance de ficar mais próximos do Flamengo. A equipe carioca enfrentará o vitória, em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 21h (de Brasília), na Arena Amazônia.
Até terça, 19.900 ingressos foram vendidos para o duelo, que tem carga máxima de lugares da Arena Amazônia disponíveis (44 mil). Os bilhetes custam R$ 80 (cadeira superior/meia), R$ 120 (cadeira inferior/meia), R$ 150 (cadeira VIP/meia) e R$ 250 (Camarote M1 por pessoa/meia). A venda é limitada a quatro ingressos por pessoa.
Fonte: GE

Mais informações »

Sem confirmar acerto, Thallyson garante: 'Desde criança sonho em jogar no Flamengo'

Praticamente certo como novo reforço do Flamengo, o lateral-esquerdo Thallyson, que estava no ASA de Arapiraca, conversou com o LANCE!Net na tarde desta quarta-feira e afirmou que está muito próximo de acertar com um novo clube. Entretanto, não confirmou se seria o Rubro-Negro, mas garantiu que o Flamengo é seu time de infância. 

- Estou muito próximo de acertar com um novo clube, que é da primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A expectativa é a de me firmar, estou sendo contratado como lateral-esquerdo, mas também atuo como meia. Na posição que o treinador me colocar para jogar, vou dar o meu máximo. Sempre sonhei em jogar em grandes clube, se acertar com o Flamengo estarei realizando o sonho de jogar em meu time de infância - contou o jogador.

O possível novo reforço do Flamengo contou que começou a dar seu primeiros chutes na bola no Impacto, clube amador de sua cidade natal, Campo Alegre, interior de Alagoas. Depois foi jogar nas categorias de base do CSA, posteriormente foi para a base do ASA, onde fez um bom Campeonato Alagoano sub-20 e em janeiro do ano passado foi integrado aos profissionais do clube. 

- Desde que subir ao profissional do ASA muitas coisas vem acontecendo na minha vida, logo no começo fomos vice-campeões da Copa do Nordeste, no segundo semestre caímos para a série C do campeonato brasileiro, mas conseguir conquistar um espaço no time e joguei 21 jogos - afirmou.

Apesar de sempre estar jogando no clube, no final de junho, o jogador e mais dois companheiros foram emprestados ao Campinense-PB. Na ocasião, os atletas não aceitaram a transferência e quase foram dispensados do ASA. A presidência do clube entrou em um bom senso e os jogadores foram reintegrados ao elenco.  

- Após a minha reintegração à equipe e a chegada do técnico Vica, veio a confiança, as novas oportunidades e quase nos classificamos para a próxima fase da Série C. Voltei a ser titular, mas por conta de uma lesão fiquei alguns jogos sem atuar e no restante entrei no decorrer das partidas. Hoje estou completamente recuperado - concluiu. 

Na última semana, o jogador passou por exames médicos no Rio de Janeiro - chegou a tirar uma foto com a camisa de treino do Flamengo, publicar na rede social, mas apagou na sequência -, e deve ser anunciado como reforço rubro-negro nos próximos dias. A sua indicação para a contratação foi um pedido do técnico Vanderlei Luxemburgo.


Fonte: Lancenet

Mais informações »

Flamengo de olho em Wagner


A ideia de Vanderlei Luxemburgo e da diretoria do Flamengo é fazer um grande time em 2015 para brigar por todos os títulos que a equipe disputar. No ataque e no meio campo os nomes já estão definidos para a busca de reforços. Lucas Pratto do Vélez encabeça a lista de centroavantes, e no meio uma das opções parece ser Wagner.


O meia do Fluminense vive seu melhor ano no Tricolor Carioca, porém seu comportamento dentro do clube mostra que Wagner está insatisfeito e quer respirar novos ares na próxima temporada.

Em recente entrevista coletiva, Wagner reclamou de salários atrasados e isto não foi bem visto pela diretoria do Flu. A diretoria do Flamengo juntamente com Vanderlei Luxemburgo gostam do jogador e esperam a hora certa para tentar uma cartada.

Wagner tem contrato com o Fluminense até final de 2015.


Fonte: totalmenterubronegro

Mais informações »

Fla tem interesse no volante Lucas Siqueira, que foi campeão da Série C pelo Macaé


Pensando em reforços de pesos para a próxima temporada, o Flamengo também tem interesse em jogadores para compor elenco (são os chamados apostas). Thallyson, lateral-esquerdo do ASA já fez exames médicos e deve ser oficializado como o primeiro reforço para 2015, e agora outro jogador para compor o elenco pode estar perto de chegar.

De acordo com o jornalista Sérgio du Bocage, da Rádio Globo, o Flamengo tem grande interesse em contratar o volante Lucas Siqueira, que foi campeão da Série C pelo Macaé. O jogador teve grande destaque, e despertou a atenção da imprensa e de alguns clubes. Lucas está emprestado ao Macaé. O jogador pertence ao Friburguense.


Fonte. totalmenterubronegro

Mais informações »

Perto de completar cem jogos pelo Fla, Wallace elogia Nação


Wallace comemora gol com Eduardo
O zagueiro Wallace reencontrará o time em que começou sua carreira no futebol, neste sábado (29.11), em uma partida marcante: o beque completará cem jogos defendendo o Manto Sagrado. Para o jogo na Arena Amazônia, às 21h (horário de Brasília), o baiano garante que o time entrará com seriedade para buscar a vitória. Você pode ser um titular do time de Vanderlei Luxemburgo e ser sócio-torcedor para ajudar o Flamengo. Clique aqui e faça sua adesão.

"Poder completar cem jogos pelo Flamengo e a partida ser contra o time que me revelou para o futebol torna tudo mais especial. Fico triste pela situação do Vitória, mas entrarei em campo com muita vontade. O Flamengo tem que entrar para ganhar sempre", afirmou Wallace.

Neste Campeonato Brasileiro, em todos os jogos que o Flamengo exerceu mando de campo fora do Rio de Janeiro, arrastou multidões de apaixonados pelo país, como deve se repetir em Manaus. "Todos os jogadores daqui falam que o Flamengo é como se fosse Seleção Brasileira. Em qualquer estado do Brasil, comparece um número muito grande de torcedores. Isso é algo único do nosso clube. Ficamos felizes por jogar para uma torcida com esse porte e grandeza", elogiou Wallace, que aproveitou para fazer um balanço de sua trajetória no clube e sonhar com voos ainda mais altos.

"Foi muito bom, em dois anos tive a felicidade de ganhar dois títulos (Copa do Brasil 2013 e Campeonato Carioca 2014). Sempre pode ficar melhor mas, em um futuro bem próximo, será", concluiu o zagueiro.

Fonte: Site Oficial do Clube

Mais informações »

Fla e Nixon trocam propostas, e renovação caminha para final feliz


Nixon espera dar salto em 2015 com a camisa do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)
Planejar 2015 passa pela renovação de contrato de alguns jogadores. Entre eles, o atacante Nixon, de 22 anos, que se destacou nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, fez gols e conseguiu se valorizar no mercado justamente quando seu contrato no Flamengo está prestes a encerrar - no dia 31 de dezembro deste ano.

O Flamengo vem negociando com Nixon a renovação de seu contrato. As duas partes já trocaram propostas e a expectativa é de que um desfecho positivo aconteça, mesmo com a procura de outros clubes. O jogador recebe atualmente R$ 20 mil.

Empresário de Nixon, Adolfo Costa demonstrou tranquilidade com relação à situação do jogador. A busca é por um denominador comum com o Flamengo para que a renovação de contrato seja anunciada.

- Estamos conversando com o Flamengo. Tivemos algumas propostas e trocamos interesses com o clube para encontrar uma situação boa, e o Nixon ficar. Está sendo tudo muito bem trabalhado - disse Adolfo.

Apesar de dar preferência ao Flamengo, o empresário reconhece o interesse de outros clubes. No entanto, considera a permanência como a melhor decisão para o jogador nesse momento da carreira.

- No Flamengo, a gente às vezes não sabe como as coisas acontecem. Toda hora tem uma mudança. Se mantiver a diretoria e os conceitos que estão acontecendo, para o Nixon é importante ficar e ver a sua carreira crescer. É um jovem correto e estamos no meio termo, tendo paciência para sentar e conversar. O Flamengo é o primeiro plano. Se definir que não vai ficar aí sim vamos ouvir os outros - explicou.

Além de Nixon, o Flamengo tem outros jogadores em fim de contrato. São eles, Léo Moura, Chicão, Marcelo, Anderson Pico, João Paulo, Márcio Araújo e Arthur

Fonte: GE

Mais informações »

Thiago Heleno estaria na mira de Flamengo, Grêmio, Santos e Atlético/MG


Mesmo sem definição sobre vaga na Libertadores, o Grêmio busca reforços para 2015. Além de observar o atacante Joel, do Coritiba, o clube tem interesse no zagueiro Thiago Heleno, do Deportivo Maldonado-URU, emprestado ao Figueirense até dezembro. Publicamente, no entanto, a direção gremista nega qualquer tratativa.

Trata-se de uma indicação do técnico Luiz Felipe Scolari, que teve no zagueiro de 26 anos um de seus homens de confiança no Palmeiras que conquistou a Copa do Brasil em 2012. O treinador, inclusive, teria feito o convite a Thiago no gramado da Arena, no jogo contra o Figueirense pelo segundo turno do Brasileirão, em 22 de outubro.

Com a resposta positiva do zagueiro, que demonstrou empolgação em voltar a trabalhar com Felipão, o Grêmio tratou de verificar sua situação junto ao Maldonado. E o clube de empresários acenou com a possibilidade de um empréstimo. Mas também informou ao clube gaúcho o interesse de outras equipes, como Flamengo, Atlético-MG e Santos em sua contratação.

Vinculado até 2016 no Maldonado, o zagueiro tem a carreira marcada por altos e baixos. Revelado pelo Cruzeiro, onde ganhou destaque, foi vendido em 2010 ao Maldonado por 2 milhões de euros e repassado ao Corinthians, onde não conseguiu se firmar. Em 2011, foi emprestado pelos uruguaios ao Palmeiras, onde sofreu com lesões, mas voltou ao time a tempo de ser um dos protagonistas no título da Copa do Brasil. 

Desde 2013, atua no futebol catarinense. No Criciúma, mal conseguiu jogar por conta de problemas físicos. Mas neste ano, no Figueirense, deu a volta por cima e virou peça importante no time de Argel Fucks. O técnico pediu a renovação do empréstimo do jogador. Contudo, frente ao interesse de outros clubes, dificilmente permanecerá. E, na próxima temporada, poderá retomar a parceria com Felipão. 

Ficha técnica:

Nome: Thiago Heleno Henrique Ferreira 
Data de nascimento: 17/09/1988 
Local: Sete Lagoas/MG 
Altura: 1,86m 

Fonte: Zero Hora

Mais informações »

Conheça a história de Athirson Lima, lateral-esquerdo do Flamengo e da Seleção Sub-15


O clube do Flamengo é conhecido por boas descobertas de jogadores na base. O treinador Cláudio Caçapa, da Seleção Sub-15, convocou cinco jogadores do Flamengo, em uma lista com 22 nomes, para disputar o torneio BH Cup, em Belo Horizonte, entre os dias 5 e 14 de dezembro. A Super Rádio Tupi, conheceu a história de uma dessas promessas da base Rubro-negra. Athirson Lima, de apenas 14 anos, já foi chamado outras três vezes para a Seleção. O jovem jogador é do Acre, veio para o Rio aos 11 anos com o pai para fazer testes na Gávea. Também lateral-esquerdo, tem esse nome como homenagem ao ex-jogador Athirson.

"Meu pai é flamenguista doente e nossa família tem tradição de ter a letra A no começo dos nomes. Um certo dia, ele tava vendo jogo do Flamengo, acho que na decisão carioca de 99 contra o Vasco, o Athirson fez gol. Foi assim que surgiu a ideia de homenagear o jogador."

Athrison também falou sobre a importância e a responsabilidade de vestir a camisa da Seleção e do Flamengo. 

"Quem escolhe ser jogador, sempre vai ter pressão e muitas responsabilidades. Jogar na Seleção é um sonho, estamos representando um país. Eu sou Flamenguista, já vi muitos jogos com a torcida lotando o Maracanã. Meu sonho é jogar no Maracanã lotado e ouvir a torcida gritar meu nome. Por enquanto, jogar no Flamengo é tranquilo, ainda não tem muito pressão."

Confira na íntegra

Caminho pra virar jogador

"O sonho da maioria dos garotos é ser jogador e todo pai também tem um sonho. Meu primeiro presente foi uma bola de futebol e desde pequeno meu pai falava que eu seria jogador de futebol do Flamengo. Quando eu tinha 11 anos ele resolveu me trazer para o Rio para eu fazer testes. No Flamengo passei por uma peneira, com cinco etapas. Na época eu era meio-campo, agora jogo como lateral-esquerdo. Foi bem difícil, tinham vários garotos, foi bem seletivo, de mais de cem garotos passaram sete, eu e mais seis."

Pessoas importantes para a formação no futebol 

"Meu pai, que sempre me apoiou e incentivou e os treinadores que eu tive."

Homenagem ao Athirson
"Meu pai é flamenguista doente e nossa família tem tradição de ter a letra A no começo dos nomes. Um certo dia, ele tava vendo jogo do Flamengo, acho que na decisão carioca de 99 contra o Vasco, o Athirson fez gol. Foi assim que surgiu a ideia de homenagear o jogador."

Dificuldades

"Nunca tive motivos para desistir, sempre tem momentos tristes, mas graças a Deus tudo deu certo, desde que eu saí do Acre."

Responsabilidade de jogar em um time grande

"Quem escolhe ser jogador, sempre vai ter pressão e muitas responsabilidades. Jogar na Seleção é um sonho, estamos representando um país. Eu sou Flamenguista, já vi muitos jogos com a torcida lotando o Maracanã. Meu sonho é jogar no Maracanã lotado e ouvir a torcida gritar meu nome. Por enquanto, jogar no Flamengo é tranquilo, ainda não tem muito pressão."

Objetivos no Flamengo

"Sempre penso pequeno, passar de categoria até chegar no profissional, penso de ano em ano. O objetivo é jogar bem e ser campeão. Para eu ser convocado para a Seleção tenho que estar bem no Flamengo."

Ídolo
" O Marcelo, lateral-esquerdo, para mim é um jogador muito técnico,  tem um bom controle de jogo. E o Athirson, pelos vídeos que vi jogar."

Torcida do Flamengo

" O nosso time é muito unido e tranquilo. Vou sempre representar muito bem a camisa Rubro-negra."



Fonte: Tupi

Mais informações »

Rui Costa nega movimentação gremista por Nixon, do Flamengo

O Campeonato Brasileiro sequer chegou ao fim, o Grêmio ainda almeja uma vaga na Libertadores da próxima temporada, mas as especulações já começam a entrar em pauta. Nesta última quarta-feira, o novo nome que cercou o Tricolor Gaúcho é o de Nixon, jovem atacante do Flamengo.

O jornalista Farid Germano, da Rádio GreNal, veiculou que o Grêmio estaria contratando o jovem velocista do clube carioca. O FutNet entrou em contato, via telefone, com Rui Costa, diretor-executivo gremista, que prestes a entrar em uma reunião, negou de forma sucinta uma movimentação tricolor pelo atacante.

Nixon tem contrato até 31 de dezembro e o seu futuro no clube da Gávea é incerto. O Flamengo já teria iniciado as negociações pela renovação, mas os valores iniciais não agradaram o jovem de 22 anos.

Fonte: FutNet

Mais informações »

Flamengo segura anúncio de apostas e espera reforços de peso depois do Brasileiro


O elenco do Flamengo de 2015 começa a se desenhar, mas internamente. O clube está mantendo em sigilo contratações praticamente acertadas. O objetivo é não desrespeitar os atletas em fim de contrato que têm a permanência descartada. Enquanto avalia os poucos casos no grupo que ainda estão indefinidos, os dirigentes e o técnico Vanderlei Luxemburgo miram reforços de mais peso. Estes, porém, só devem se concretizar em dezembro, após o fim do Brasileiro.

Até lá a ideia é avaliar o desempenho de jogadores como Nixon, que está em fase final de negociação para renovar, e dar oportunidade a a outros que pouco atuaram no ano. Fora de campo, a comissão técnica e a diretoria recebem olhares ressabiados dos atletas que já desconfiam que não deverão continuar no clube.

Um deles é Chicão, que ontem declarou a Fox Sports que alguns jogadores estão há cinco meses sem receber direitos de imagem. Com a chegada do lateral-esquerdo Thallyson, do ASA-AL, João Paulo e Anderson Pico estão ameaçados e o primeiro deve sobrar. O atacante Arthur também não fica, enquanto Leo Moura, Márcio Araújo e o zagueiro Marcelo têm tudo para serem aproveitados.

Os dirigentes ainda monitoram o mercado sul-americano e pretendem buscar jogadores nos moldes do meio-campo Canteros, que veio com investimento inferior ao do reserva Lucas Mugni. Não está descartada a investida em atletas que jogam na Europa, mas esses desfechos só seriam possíveis em janeiro.

O trabalho do diretor executivo Felipe Ximenes e do vice de futebol Alexandre Wrobel atravessa os últimos meses e a expectativa é de boas notícias em breve. A confiança no aumento na qualidade do elenco é grande.

Fonte: Extra Globo

Mais informações »

COM A PALAVRA: 'O Lucas é um jogador de explosão'


Lucas Pratto - Argentina (Foto: Juan Mabromata/ AFP)
Joan Vazquez - Repórter do Olé: O Lucas Pratto é um jogador bem forte, mas que tem bastante velocidade e explosão ao mesmo tempo. Sabe se posicionar dentro e fora da área e é um atleta que tem sido muito importante ao Vélez. Além disso, é um jogador que se adapta bem a qualquer time pela personalidade tranquila.

No Torneio Apertura, ele já marcou oito gols em 15 partidas e tem ótima visão de jogo. Além de gols, dá muitas assistências para os outros jogadores que chegam ao ataque. Se for para o Flamengo deve ter boa adaptação ao futebol do Brasil.



Fonte: Lancenet

Mais informações »

Fla amplia portfólio de produtos licenciados


Flamengo entra para o time de produtos licenciados feitos pela Pro Tork (Foto: Divulação/ Pro Tork)

O Flamengo fechou contrato de licenciamento de sua marca com a Pro Tork e ampliará seu portfólio de produtos oferecidos à nação rubro-negra. Com o acordo, o clube passa a ter capacete, minicapacete, cooler e copo térmico com a sua marca sendo fabricados pela nova parceira do clube em itens licenciados.

Os produtos já podem ser adquiridos pelos torcedores em lojas de materiais esportivos e de motopeças. Nos tamanhos 56, 58 e 60, o capacete com as cores e símbolo do clube rubro-negro oferece segurança aos mais fortes impactos e possui estabilizador aerodinâmico, entradas de ar, forro antialérgico, engate rápido e viseira em policarbonato. Os minicapacetes são voltados a colecionadores.

O cooler leva a o escudo do time e tem capacidade para armazenar 24 latas. Com alça para facilitar o transporte, o produto gela bebidas em 30 minutos e mantém a temperatura por até 24 horas. Já o copo térmico é feito em plástico de alta resistência e tem capacidade de 500 ml. Nas cores do time, o copo tem o escudo do Flamengo de um lado e o nome do clube de outro.


Fonte: Lancenet

Mais informações »

Flamengo reduz dívida em R$ 173 milhões em dois anos

O Flamengo divulgou recentemente o balancete referente ao 3º trimestre de 2014. Para analisar as informações divulgadas, entendi que o melhor seria dividir e analisar três temas diferentes, Faturamento, Resultados, e esse, que vem sendo o assunto mais contestado, Endividamento.

Conceito: O endividamento, basicamente é, aquilo que o clube deve menos aquilo que está disponível ou que irá receber. Em termos contábeis a fórmula é:

(Passivo Circulante + Passivo não Circulante) – (Ativo Circulante + Despesas Diferidas + Demais Contas a Receber)

Obs1: No caso específico do Flamengo (e mais alguns poucos clubes), não são consideradas como Passivo as rubricas Adiantamento de Contratos uma vez que se referem, apenas, a contabilização de luvas recebidas antecipadamente pela assinatura de determinados contratos, e estão classificadas no passivo para atender a uma correta alocação por competência.

Obs2: No ano de 2012 foram considerados R$ 35 milhões da rubrica Adiantamento de Contratos como endividamento, uma vez que, nesse caso especificamente, se tratavam de valores antecipados realmente.

Gráfico 1 – Evolução do Endividamento em milhões de Reais


O gráfico acima demonstra a evolução do endividamento do clube desde o início da gestão Bandeira de Mello. Após a divulgação do balancete do 3º trimestre de 2014, o endividamento, que era de R$ 750 milhões no início do mandato já é de R$ 577 milhões, com projeção de fechar o ano em R$ 562 milhões. A continuar nesse caminho, o fluxo de caixa projetado do clube indica que em 2016 não haverá a necessidade de novos empréstimos, e que em 2018 o clube pode não ter mais dívidas privadas, restando uma dívida fiscal equacionada.

O clube vai, claramente, na contramão dos grandes clubes do futebol brasileiro. Daqueles que divulgam balancetes periódicos, todos os clubes apresentam crescimento no endividamento, sendo em alguns casos de forma mais expressiva, como o Corinthians que apresentou um aumento de R$ 42 milhões, Santos, R$ 49 milhões ambos no semestre, e o Palmeiras, R$ 52 milhões em oito meses.

Gráfico 2 – Evolução do Endividamento de Curto Prazo


Não só a redução do endividamento total como também a política de alongamento da dívida, resulta em uma expressiva redução no endividamento de curto prazo (gráfico acima), melhorando a perspectiva do, ainda apertado, fluxo de caixa. Apertado porque essas obrigações representam 1/3 da receita do clube e novos empréstimos deverão ser captados para cumprir esses compromissos.

Gráfico 3 – Composição do Endividamento


Algumas notícias dão conta de que: “O Flamengo está trocando dívida pública por dívida privada”. É verdade? Não. A dívida fiscal representava 51% da dívida total em 2012 e em setembro de 2014 praticamente manteve o mesmo patamar, 52%. O crescimento da participação da rubrica Empréstimos (11% para 20%) é compensada pela redução em Contas a Pagar e Provisão para Contingências.

Gráfico 4 – Índice Endividamento / Faturamento


O índice Endividamento / Faturamento é um exercício que demonstra quantos anos de faturamento seriam necessários para pagar a dívida. As receitas mal exploradas conjuntamente com uma alta dívida faziam com que o clube tivesse uma das piores relações nesse indicador no futebol brasileiro em 2011. Em 2014, o aumento do faturamento e a redução do endividamento, projetam o clube para um índice mediano no futebol brasileiro. Em 2013, sem considerar as receitas com venda de atletas, o Palmeiras apresentou os mesmos 1,8 anos e o São Paulo, 1,2.

Conclusão

A redução do endividamento demonstra que a diretoria atual vem cumprindo, a duras penas, os compromissos de campanha: impostos em dia, fim das penhoras e um clube cidadão. Porém, esses pagamentos acabam por sufocar o fluxo de caixa mensal do clube, impedindo os investimentos em uma qualificação mais agressiva do elenco. A expectativa do clube é por um alívio em 2016, ou pela aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal, que representaria esse tão sonhado alívio já em 2015.


Fonte: Balanço da Bola

Mais informações »

Cáceres se decepciona com ano do Flamengo: "Não conquistamos títulos"


Treino do Flamengo, Luxemburgo (Foto: Gilvan de Souza / Fla Imagem)

O ano de 2014, individualmente, serviu para Cáceres se firmar como principal volante de marcação do Flamengo. O paraguaio assumiu um papel importante no sistema de jogo do time, virou até capitão da seleção do Paraguai e ganhou o respeito dos torcedores, que antes tratavam com desconfiança o seu futebol.

No entanto, o seu desempenho pessoal não mascarou a sua opinião sobre a temporada do Flamengo. O time conquistou o Carioca em uma decisão polêmica com o Vasco, com um gol marcado em impedimento no último minuto, caiu na semifinal da Copa do Brasil e frequentou por muitas rodadas a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

- Com certeza, acho o ano decepcionante. Temos sempre que brigar para vencer os campeonatos quando defendemos o Flamengo. É negativo. Estivemos para chegar em uma final, mas caímos. Complicado ficar na última posição como ficamos. Melhorou quando Luxemburgo chegou e saímos da confusão. Não conquistamos títulos. Teve o Carioca, mas buscamos algo mais importante como o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil - afirmou o paraguaio.

Consciente do que viveu nesta temporada, Cáceres fala abertamente sobre a necessidade de reforçar o elenco atual, apesar de elogiar os jogadores que representaram o Flamengo este ano. Contra Vitória e Grêmio, nas duas últimas rodadas do Brasileiro, ele espera que o time corresponda à expectativa dos torcedores para deixar uma boa impressão.

- Primeiramente, quero pedir desculpa ao torcedor pelo último jogo (empate com o Criciúma). Não jogamos nada. Agora, temos que ganhar e tentar pelo menos deixar o torcedor um pouco mais feliz. Sempre  falei que devemos agradecer por tudo que os torcedores fizeram este ano, abraçando o time - comentou Cáceres.

Neste sábado, o Flamengo vai enfrentar o Vitória, em Manaus. A expectativa é de estádio lotado para acompanhar o time, como aconteceu em São Luís, com mais de 30 mil presentes no empate em 1 a 1 com Criciúma.


Fonte: GE

Mais informações »