Arthur Maia fala da emoção em vestir a camisa do Flamengo: "É diferente"


Na manhã deste sábado (24.01), o Flamengo encerrou a preparação para a decisão do Super Series, em Manaus. Após as atividades, Arthur Maia, um dos destaques da equipe rubro-negra no clássico contra o Vasco, falou do momento que vive na carreira, do que a torcida pode esperar para a partida contra o São Paulo e da emoção que vive defendendo o Manto Sagrado.

"É diferente. Eu converso com amigos de infância, que sabem dessa torcida, e é muito emocionante. Eu estou muito feliz com o momento que eu estou vivendo e quero a cada dia conquistar o meu espaço, crescer ainda mais. Foi um momento muito marcante quando entrei em campo e começou a tocar o hino (do Flamengo, na partida contra o Vasco)", revelou o meia, que garante à Nação que o lema "vencer, vencer, vencer" traduz o espírito do elenco para a decisão do Super Series.

"O jogador tem que ter ambição e a vitória nos daria confiança para a próxima temporada. É um título. Quando entramos em campo temos que fazer nosso melhor", afirmou.

Confira os principais trechos da entrevista:

Possibilidade de ser o batedor de pênalti da equipe
Não foi falado nada comigo, só pedi para treinar e, dentro desse treinamento, ele (Luxemburgo) vai decidir quem vai bater. Isso também depende muito do jogador dentro de campo. O treinador determina o cobrador mas o jogador tem que estar confiante para bater. Temos muitos jogadores com essa condição.

Tempo de descanso para a decisão
Não acho que faz diferença a gente estar descansando por mais dias (que o São Paulo). A gente sabe que os jogadores que entrarem em campo vão dar o seu melhor e vão querer conquistar esse título da pré-temporada, que é importante para dar confiança para o resto do ano.

Troféu do Super Series
O jogador tem que ter ambição e a vitória nos daria confiança para a próxima temporada. É um título e não deixa de marcar a história do jogador, do torcedor, do clube. Ser campeão fica marcado. É o que queremos e pensamos e, por mais que seja a pré-temporada e tenha toda uma questão de ritmo e entrosamento, quando entramos em campo temos que fazer nosso melhor. O time está muito tranquilo para a partida. Tem muitos jogadores na equipe que podem exercer funções diferentes. O professor (Luxemburgo) já deixou bem claro isso, tanto jogando aberto como jogando por dentro.

Entrosamento ofensivo
Não dá para saber um tempo exato para nosso entrosamento, mas a gente vai conhecendo aos poucos a movimentação do jeito que o Marcelo gosta, que o Éverton gosta. Vamos nos conhecendo melhor no treinamento e a tendência é que, em cada jogo, a gente veja uma evolução.

Personalidade em campo
Eu me preparei para isso e sempre soube da responsabilidade que é vestir essa camisa. Todo lugar que você chega tem torcedor, todo mundo comenta. Então a gente tem que estar preparado para isso. Sempre tive o sonho de vestir essa camisa então eu sei que quando eu entrar em campo minha vida tem que estar ali, tenho que mostrar tudo que sei e ir além, para conquistar meu espaço. Não pode pesar (jogar pelo Flamengo), se é o que eu quis e me preparei para enfrentar.

Emoção de jogar pelo clube de coração
É diferente. Eu converso com amigos de infância, que sabem dessa torcida, que a gente viajava em conjunto, e é muito emocionante. Eu estou muito feliz com o momento que eu estou vivendo e quero a cada dia conquistar o meu espaço, crescer ainda mais. Foi um momento muito marcante quando entrei em campo e começou a tocar o hino (do Flamengo, na partida contra o Vasco).


Fonte: Site Oficial do Flamengo

Mais informações »

Cirino garante que está treinando a função de centroavante

O técnico Vanderlei Luxemburgo está ajudando um jogador do seu elenco a desenvolver uma nova função: Marcelo Cirino / Centroavante. O ''aluno'' do professor garante que está  treinando bem esta função e quer assumir a posição de centroavante no Rubro-negro.

"Eu tenho que estar preparado para a cobrança e para fazer os gols, que com certeza irei marcar. Atacante vive de gols, comigo não é diferente. O professor conversou comigo e viu em mim uma possibilidade de jogar como centroavante. Estou procurando aprimorar e estou preparado para isso", afirmou o camisa 7.

Posicionamento em campo
Acho que esses jogos já estão demonstrando uma melhora. Tenho certeza que daqui a pouco estaremos mais entrosados e as coisas vão encaixar melhor. Já tenho recebido mais bola e isso só tende a melhorar. Hoje, o jogador tem que estar preparado para fazer várias funções. O professor conversou comigo e viu em mim uma possibilidade de jogar como centroavante. Estou procurando aprimorar e estou preparado para isso.

Vontade de marcar
A ansiedade de querer fazer um gol em um clássico contra o Vasco é normal. Quero fazer o maior número de gols possível pelo Flamengo. Mas estou tranquilo e sei que ele vai sair na hora certa. Eu tenho que estar preparado para a cobrança e para fazer os gols, que com certeza irei marcar. Atacante vive de gols, comigo não é diferente.


Fonte: Rádio Tupi

Mais informações »

Marcelo Cirino comenta sobre expectativa de jogar contra o São Paulo

O Confronto deste domingo, no Torneio Super Series, entre Flamengo e São Paulo, na Arena da Amazônia, é mais uma oportunidade de Marcelo Cirino marcar o seu primeiro gol pelo Rubro-negro. O jogador que teve diversas oportunidades diante o Vasco, além de uma boa participação, não conseguiu balançar as redes, mas o atleta destaca que primeiramente quer a vitória, só depois pensar no seu primeiro gol.

Espero que a equipe saia vencedora, mas é claro que se eu fizer o gol ficarei muito feliz. A gente vem trabalhando para procurar o melhor entrosamento. Há mais jogadores chegando, assim como eu. Estamos tentando aprimorar cada parte do trabalho com o treinador vanderlei Luxemburgo. O Flamengo entra para ser campeão em qualquer competição. O São Paulo também tem um elenco muito qualificado e temos que estar muito bem preparados para vencer. O descanso também faz parte, estaremos mais descansados, mas não vejo vantagem. Os jogadores do São Paulo podem fazer a diferença.

Fonte: Rádio Tupi

Mais informações »

Animado, Fla encerra pré-temporada antes de decisão contra o São Paulo

O Flamengo encerrou em clima descontraído a pré-temporada. No último treinamento fora do Rio de Janeiro visando o Carioca, Vanderlei Luxemburgo liberou o elenco para o tradicional recreativo de véspera de jogos. Com a decisão do torneio de verão de Manaus, com o São Paulo, pela frente, o elenco rubro-negro se divertiu em quase uma hora de atividade. No fim, parte do grupo treinou cobranças de faltas. Eduardo da Silva e Gabriel seguem fora e fizeram trabalhos físicos específicos.
flamengo treino feed imagens (Foto: Cahe Mota)

Por conta do desgaste das últimas semanas de treinamentos, Márcio Araújo, Nixon e Everton também foram poupados, mas estão à disposição para o duelo com o Tricolor paulista. Diante das baixas, o auxiliar técnico Deivid e o preparador físico Daniel Félix também participaram do recreativo. No fim, o time sem colete, que já tinha sido o vencedor na última terça-feira, ganhou mais uma vez e tirou onda com os adversários. O treinamento aconteceu no estádio da Colina, que pertence ao São Raimundo.

Na parte final da atividade, Alecsandro, Thallyson, Cáceres, Canteros, Luiz Antonio e Arthur Maia treinaram cobranças de faltas. O meia que veio do América-RN manteve o bom desempenho que já tinha demonstrado em Atibaia, e a surpresa foi Cáceres, com chutes precisos no ângulo. De longe, Vanderlei Luxemburgo observou o trabalho.
flamengo treino feed imagens (Foto: Cahe Mota)

Flamengo e São Paulo se enfrentam domingo, às 17h (de Brasília), na Arena Amazônia, pela decisão do torneio de verão. Em caso de empate, a disputa irá para os pênaltis. Após a partida, a delegação rubro-negra retorna para o Rio de Janeiro, depois de três semanas de pré-temporada, e finaliza a preparação para estrear no Carioca diante do Macaé, dia 31, no Cláudio Moacyr, em Macaé.

Fonte: GE

Mais informações »

Possível reforço do Fla, Empresário descarta Jonas no Corinthians.

Jonas Corinthians em Teresina 2014 (Foto: Renan Morais/GloboEsporte.com)

O volante Jonas não vestirá mais a camisa do Corinthians. As últimas conversas entre o representante do jogador do Sampaio Corrêa e a diretoria do Timão não evoluíram. A expectativa é de que o novo destino do marcador seja anunciado na segunda-feira.

Em nota divulgada neste sábado pela manhã, o empresário Eduardo Maluf, responsável por gerir a carreira de Jonas, comunicou que a as conversas com o Corinthians estão encerradas. 

No fim do ano passado, Jonas chegou a dar entrevistas como jogador do Corinthians, mas divergências contratuais fizeram o acordo, alinhavado pelo gerente de futebol Edu Gaspar, recuar. 

O presidente Mário Gobbi não concordou os valores da negociação e barrou o acerto feito pelo dirigente, situação semelhante que impediu a contratação do atacante Dudu, agora no Palmeiras.

O veto é mais um ponto de discórdia na turbulenta relação entre os membros do grupo da situação na corrida presidencial. Roberto de Andrade, candidato, era favorável ao acerto com Jonas e participou da negociação.

Confira abaixo a nota divulgada:

A DUT’S MARKETING ESPORTIVO, na pessoa do agente Eduardo Maluf, único responsável pelo gerenciamento da carreira do volante Jonas, informa que está encerrando neste momento as negociações com o Sport Club Corinthians Paulista. O destino do jogador será em outra equipe.

A empresa explica que, após meses de negociações, decidiu pôr um ponto final nas tratativas com o clube paulista que, apesar dos esforços, alegou não ter condições de concretizar o acordo neste momento.

A DUT’S MARKETING ESPORTIVO e o volante Jonas agradecem imensamente o Sport Club Corinthians Paulista, toda sua diretoria de futebol e o presidente pelo respeito e profissionalismo no decorrer desse período. Mesmo com as dificuldades, não mediram esforços para um desfecho positivo.

Felizes com o interesse e certos da grandiosidade do Corinthians, empresa e jogador desejam muita sorte nos próximos passos do clube, principalmente nas eleições e nas competições que estão por vir. O atleta seguirá seu caminho e fica aberta a possibilidade de um dia vestir essa importante camisa.

Por fim, a DUT’S MARKETING ESPORTIVO comunica que o futuro de Jonas será anunciado nas próximas 48 horas.
Fonte: GE

Mais informações »

Tite não abre mão de Jadson, antigo alvo do Fla.

Jadson Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Depois de Jadson dizer que continuaria no Corinthians, nesta sexta-feira foi a vez do técnico Tite revelar que não abre mão do meio-campista para a temporada 2015. Reserva no fim de 2014 e no início deste ano, o jogador estava na mira do Flamengo, mas permanecerá no Timão. 
– Para mim, o Jadson não sai. Ele é atleta do Corinthians, valorizado no Corinthians. Quero um grupo forte. Por isso, o Jadson está inserido – afirmou. 
Jogador e treinador conversaram durante o período de treinamentos nos Estados Unidos. Tite não prometeu que seria titular, mas mostrou que conta com o jogador como parte do elenco. Jadson, que gostaria de atuar com mais frequência, se convenceu de que deveria ficar e brigar por uma vaga na equipe. 
Até agora, ele vem perdendo essa disputa. Tite monta o Corinthians no esquema 4-1-4-1, com variações para o 4-2-3-1. Renato Augusto aparece como o homem da armação, centralizado, e Lodeiro fica posicionado pelo lado direito do setor ofensivo. São por essas posições que Jadson terá de brigar. 
O meio-campista chegou ao Timão envolvido em uma troca com o São Paulo por Alexandre Pato. Depois de boas atuações no início do ano, ele caiu de rendimento e fechou a temporada no banco de reservas e sendo pouco usado por Mano Menezes. O Flamengo surgiu como opção, mas Tite não aceitou liberá-lo. 
Fonte: GE

Mais informações »

Fla entra forte na briga por Jonas e avança em conversas por Cícero


Volante Jonas (Foto: TV Clube)
O Flamengo está próximo de ganhar a queda de braço por Jonas, do Sampaio Corrêa. Depois de ser dado como certo no Corinthians, o jogador de 23 anos tem conversas adiantadas com o Rubro-Negro, que está otimista em definir a contratação em breve. O volante, inclusive, é esperado no Rio de Janeiro nos próximos dias para tratar dos últimos detalhes da transação. Diretoria e o empresário Eduardo Maluf, no entanto, tratam o negócio com sigilo total. Cícero, do Fluminense, também tem sua chegada bem encaminhada.

Jonas e seu agente têm um encontro decisivo com o Corinthians neste sábado para colocarem um ponto final na novela que se arrasta desde o os últimos dias de 2014. O volante chegou até mesmo a já falar como atleta do Timão, mas brigas políticas por conta da eleição presidencial no clube travaram o acordo e permitiram que o Flamengo entrasse forte na jogada. Nos bastidores rubro-negros, a contratação é dada como certa. A postura é a mesma de dirigentes do Sampaio. As pessoas envolvidas diretamente na negociação, por sua vez, optam pela prudência e só vão se pronunciar depois da chegada do atleta no Rio de Janeiro.


Além de Jonas, o Flamengo avançou bem também nas tratativas para contar com o tricolor Cícero. Depois de negociar diretamente com o antigo patrocinador do Fluminense, o Rubro-Negro conversa com o clube para resolver detalhes da liberação e o clima é de otimismo. Com o retorno da delegação ao Rio de Janeiro, a próxima semana será decisiva para solução do caso. Tanto Jonas como Cícero são nomes aprovados por Vanderlei Luxemburgo.


cicero fluminense (Foto: Richard Souza)


Após as definições das conversas por Cícero e Jonas, o Fla ficará apenas pela conclusão do caso Montillo para fechar o elenco para temporada 2015. Enquanto trabalha em silêncio por reforços, o Rubro-Negro encara o São Paulo neste domingo, às 17h (de Brasília), na Arena Amazonas, em Manaus, pela decisão do torneio de verão. Com as duas equipes com três pontos, o título será decidido nos pênaltis em caso de empate. 

Após a partida, a delegação rubro-negra retorna para o Rio de Janeiro, depois de três semanas de pré-temporada, e finaliza a preparação para estrear no Carioca diante do Macaé, dia 31, no Cláudio Moacyr, em Macaé. 


Fonte: GE

Mais informações »

Flamengo faz nova reunião por Cícero neste fim de semana


Cícero - América-RN x Fluminense, Copa do Brasil (Foto: Júnior Santos/LANCE!Press)
Uma nova reunião está prevista para acontecer neste fim de semana entre os dirigentes do Flamengo e Eduardo Uram, empresário do meia-atancate Cícero. O jogador, que atualmente está no Fluminense, também é um dos nomes que a diretoria rubro-negra quer contratar para esta temporada, após pedido do técnico Vanderlei Luxemburgo.
Nesta reunião, o Flamengo espera diminuir a pedida salarial de Cícero. No Fluminense, o meia-atacante recebe cerca de R$ 400 mil, valor considerado elevado pela diretoria rubro-negra. Existe a expectativa de que surja uma definição sobre o futuro do jogador até o início dos jogos do Campeonato Carioca.

Fonte: Lancenet

Mais informações »

Estudo aponta virada histórica na gestão financeira do Flamengo



Uma análise profunda da gestão financeira do Flamengo nas últimas 12 temporadas, feita pelo consultor de marketing esportivo Amir Somoggi, mostra que o ano de 2014 marcou uma virada econômica na administração do clube rubro-negro. Após oito anos seguidos apresentando déficit nas contas, o Flamengo voltou a ter superávit, diz o estudo recém-concluído.

Os números apontam um prejuízo acumulado de R$ 243 milhões entre 2003 e 2013. Nesse período, somente em duas vezes o clube da Gávea não havia terminado o ano sem prejuízo. Ainda assim, não havia motivo para comemorar, já que em 2004 as receitas foram iguais às despesas, e em 2005 houve apenas R$ 2 milhões de lucro. Ano passado, no entanto, considerando apenas os primeiros nove meses, houve um superávit de R$ 53 milhões, contra um prejuízo de R$ 20 milhões em 2013.

O analista fez estudos semelhantes nos números de Palmeiras e Santos, e pretende avaliar outros clubes da primeira divisão do futebol brasileiros. Mas já se antecipa ao apontar o Flamengo como destaque entre os adversários quando o assunto é modelo de administração.

- O Flamengo é o clube brasileiro que vem tendo o melhor resultado financeiro nos últimos anos. Foi o que mais evoluiu de 2012 a 2014, enquanto todos os outros clubes estão piorando - comentou Somoggi.

O consultor vê duas razões principais para a virada rubro-negra: o aumento das fontes de receita, especialmente patrocínios e programa de sócio-trocedor, e o abatimento das dívidas fiscais. Nos últimos dois anos, o Flamengo atingiu números recordes de investimentos: R$ 273 milhões em 2013, e R$ 252 milhões só nos nove meses iniciais de 2014, com projeção de R$ 330 em todo o ano, segundo o estudo de Somoggi. No orçamento para 2015, o Flamengo projeta a receita de R$ 365 milhões.

- É bem provável que, em pouco tempo, o Flamengo volte a ser o time com maior receita do Brasil, como já foi no passado. Em 2013, esse posto foi do São Paulo, porque vendeu o Lucas por R$ 115 milhões. Sem considerar venda de jogadores, o Flamengo já é o líder em receita - explica Somoggi.

Futebol é o calcanhar de Aquiles, diz consultor

Para o consultor, o clube da Gávea poderia ter um balanço ainda melhor se não tivesse gastos tão elevados com o departamento de futebol. Em 2013, primeiro ano da atual diretoria rubro-negra, os custos com a equipe profissiona, incluindo rescisões contratuais de jogadores e técnicos, foi de R$ 180 milhões, o maior investimento feito pelo clube no período pesquisado, e o quarto maior do Brasil naquela temporada. Nos nove primeiros meses de 2014, o custo com o futebol rubro-negro chegou a R$ 124 milhões.

- Se houve um calcanhar de Aquiles nesta gestão, foi no futebol, houve muitos gastos, principalmente com demissão de treinadores. Se tivesse mantido um técnico por mais tempo, com um projeto esportivo melhor, teria crescido ainda mais - observou.
Ainda assim, o Flamengo tem conseguido mostrar evolução nas finanças. Não apenas com o crescimento das receitas, mas também graças ao abatimento das dívidas, especialmente com a União. A dívida fiscal, que era de R$ 400 em 2012, caiu para R$ 355 milhões até setembro de 2014.

- Toda aquela dívida anterior do Flamengo, que não foi paga, explodiu na auditoria feita no início dessa gestão, que agora está arrumando um passivo histórico - disse Somoggi.


Fonte: O Globo





Mais informações »

Vice-presidente do Flamengo rasga elogios a Montillo e revela: ‘Sempre pensamos nele’


Montillo disputou jogo treino nesta semana, na Gávea
O meia argentino Montillo, hoje destaque do chinês Shandong Luneng, é sonho de consumo antigo do Flamengo. Pelo menos é o que garante o vice-presidente do Rubro-negro, Walter D’Agostino. O dirigente rasgou elogios ao jogador, mas ressaltou mais uma vez que o Flamengo não fará “loucuras”.
- É um jogador de muita qualidade, acho ótimo que ele venha para o Flamengo. Sempre pensamos nele. Fiquei com uma inveja danada quando ele foi para o Cruzeiro e posteriormente para o Santos. Principalmente no Cruzeiro jogou muito bem. É o que a gente precisa. Só não admito que o Flamengo tire o pé do chão e nós não vamos tirar. Sem salários astronômicos. Se tem gente dizendo que ele vai ganhar R$ 800 mil aqui, pode ter certeza que é mentira - afirmou D’Agostino.
O dirigente afirmou ainda que o Flamengo quer ser exemplo no país.
- O Montillo é que tem de pensar Flamengo. Nós não temos de pensar Montillo. Quer vir para o Flamengo, dentro da nossa filosofia, vai ser recebido de braços abertos. O Flamengo não vai fazer loucura. Vamos ser exemplo nesse país. O que andam pagando nos clubes é um absurdo, ou melhor, não pagando - acrescentou.
Apesar do grande desejo rubro-negro de contar com Montillo, o Shandong Luneng faz jogo duro para liberá-lo. O argentino, por sua vez, já manifestou o desejo de defender o Flamengo.
Além de Montillo, o Flamengo sonha com a contratação do atacante Robinho, do Santos. O jogador está com os salários atrasados e pode ter a sua saída facilitada da Vila Belmiro.

Fonte: Extra Globo

Mais informações »

Marcelo Cirino tem fiel escudeiro em período de adaptação ao Flamengo

Ainda em adaptação ao Flamengo, Marcelo Cirino tem um aliado importante para começar a se ambientar ao novo clube. O camisa 7 rubro-negro conta com a presença do amigo Éverton, que é seu fiel escudeiro desde o início da pré-temporada, em Atibaia. É com o meia que Cirino está sempre "colado", seja em treinos ou na concentração.
Amigos desde 2013, quando defenderam o Atlético-PR, a dupla se reencontrou neste ano e não desgruda. O entrosamento entre Marcelo Cirino e Éverton é importante para o Flamengo, que deposita no reforço a esperança em ter maior poder de fogo no ataque. Fora de campo, esta parceria é fundamental para deixar Cirino à vontade.
No gramado, eles ainda buscam o entrosamento perdido pela distância em 2014. "Estamos trabalhando com maior entrosamento para aprimorar cada parte pedida pelo Luxemburgo. Joguei com o Everton em 2013, acho que é só pegar o jeito que cada um gosta de jogar para as coisas começarem a fluir", ressaltou Cirino.
Muito amigos, Marcelo Cirino e Éverton trocam elogios através das redes sociais. Com maior tempo de casa, o meia é responsável por introduzir o companheiro nas conversas durante a pré-temporada rubro-negra. A parceria dá resultado, já que o atacante já esqueceu os desafios em chegar a um novo clube e se concentra em dar resposta em campo.
Solicitado por Vanderlei Luxemburgo a desempenhar função de referência no ataque do Flamengo, Cirino tenta se adequar rapidamente ao plano tático do treinador.
"Estou preparado. O professor conversou comigo e viu a oportunidade de jogar nesta posição. O currículo dele fala por si só. Não estou acostumado, mas com o tempo as coisas vão se ajeitando. Estamos melhorando a cada jogo, tenho certeza que vamos nos entrosar melhor durante as partidas", destacou o camisa 7.
Com Cirino em campo e em busca de seu primeiro gol pelo novo clube, o Flamengo encara o terceiro amistoso nesta fase de preparação para a temporada. O time de Luxemburgo enfrenta o São Paulo, às 17h deste domingo, em Manaus. O clássico é válido pelo torneio Super Series.




Fonte UOL Esportes

Mais informações »

No Flamengo, Alecsandro diz já conseguir cabecear normalmente

O atacante Alecsandro precisou fazer uma cirurgia na região do rosto no fim do ano passado por conta de uma fratura durante a partida diante do América-RN, no Maracanã, pela Copa do Brasil. Três meses depois, o jogador ainda tem um pouco de inchaço na região, mas garante que isto não atrapalha o desenvolvimento de seu futebol:

– Ainda tenho um pouco de inchaço na região do rosto após a cirurgia que fiz no ano passado, mas isso ainda é normal. Mesmo com isso, já estou cabeceando normalmente nos lances – disse Alecsandro, que ainda falou da importância de conquistar o torneio amistoso.

– Sabemos que estamos em um torneio e gostaríamos de ganhar, mesmo sendo de pré-temporada - concluiu o jogador, que deve ser titular na partida deste domingo.


Neste domingo, às 15h (17h de Brasília), o Flamengo entra em campo diante do São Paulo na Arena da Amazônia, em Manaus, em busca do título do Torneio Super Series.









Fonte:Lance!Net

Mais informações »

Possível chegada de Montillo agrada ao elenco do Flamengo

O Flamengo segue aguardando uma definição sobre o caso do meia Montillo. Enquanto isso, os torcedores e os jogadores rubro-negros aprovam a possível chegada do argentino à Gávea. O atacante Marcelo Cirino comentou sobre a possibilidade de contar com o reforço, que agregaria valor ao elenco ao longo da temporada.
Montillo é um grande jogador, tem muita qualidade em diversos aspectos. Se ele vier a vestir a camisa do Flamengo, vai agregar muito ao nosso grupo ao longo da temporada e ficarei feliz por isso, será um diferencial importante afirmou.

A diretoria do Flamengo segue otimista para conseguir a contratação de Montillo. Atualmente, o jogador recebe aproximadamente 700 mil euros (cerca de R$ 2 milhões) mensais no Shandong Luneng, da China, e até aceita reduzir o salário para quase 400 mil dólares (perto de R$ 1 milhão). Padrão salarial considerado elevado para a diretoria encabeçada pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello, mas possível de ser concluída com a ajuda de investidores o Flamengo está com a ajuda da Doyen Group, a mesma que participou do acerto com Marcelo Cirino, para esta operação.

Após a negativa por Conca, Montillo passou a ser o nome mais desejado pelo Flamengo para assumir a camisa 10 desocupada, por ora, neste ano. E ainda comporia uma posição carente desde a saída de Ronldinho Gaúcho em meados de 2012 que mesmo não sendo o homem de criação, era a referência da equipe. Atualmente, o técnico Vanderlei Luxemburgo conta apenas com Lucas Mugni e com Arthur Maia para a armação das jogadas no meio.











Fonte:Jornal Extra

Mais informações »

Luis Fabiano preocupa e São Paulo deve ter time misto em decisão


Neste domingo, o São Paulo entrará em campo na Arena da Amazônia para decidir o título do Torneio Super Series com o Flamengo. O fato de ser uma partida decisiva, porém, não significa que o time abusará dos jogadores que ainda sofrem para entrar em forma na pré-temporada. Sendo assim, alguns titulares na vitória por 2 a 1 sobre o Vasco da Gama devem ser preservados, principalmente Luis Fabiano, que saiu de campo com dores na panturrilha.

- Amanhã (sábado) teremos a recuperação e vamos ver como os jogadores que jogaram 90 minutos estão. O Luis Fabiano sentiu a panturrilha e algunns estão mais desgastados - alertou o coordenador técnico Milton Cruz.

Apenas quatro jogadores do Tricolor atuaram durante os 90 minutos do confronto com o Vasco na última sexta: o goleiro Rogério Ceni, o lateral-direito Bruno, o volante Souza e o meia Paulo Henrique Ganso. O zagueiro Rafael Toloi também não foi substituído, mas foi expulso aos 30 minutos do segundo tempo por agredir o paraguaio Julio dos Santos.

Ainda assim, Milton Cruz espera montar um time forte para enfrentar o Flamengo, que jogou na quarta-feira e, com mais tempo de descanso, poderá usar força máxima no domingo na Arena da Amazônia. 

- O Flamengo fez um jogo equilibrado com o Vasco, que só perdeu numa falha individual. Será equilibrado de novo. O Flamengo tem grandes jogadores e um grande treinador. Será um grande jogo - projetou.

Fonte: L!Net

Mais informações »

Léo Moura vai mais à linha de fundo, mas Pará mostra vigor na marcação


Aos 36 anos Léo Moura lida com a desconfiança de parte dos rubro-negros, entre eles membros da própria diretoria do Flamengo, que ofereceu um novo contrato válido apenas até o fim do Campeonato Carioca, enquanto o jogador queria um vínculo mais longo. Além disso, Pará foi contratado junto ao Grêmio, o que pode significar o banco de reservas para Léo Moura, caso Vanderlei Luxemburgo opte pelo reforço. Mas a escolha por um ou por outro não é tão simples, pelo menos de acordo com os números do Espião Estatístico*.

Os dados de Léo Moura e de Pará ao longo do Campeonato Brasileiro de 2014 mostram que a produção dos dois é semelhante, apesar de o ex-gremista ser sete anos mais jovem - completa 29 anos em fevereiro que vem - e ter merecido mais crédito do clube ao assinar contrato.

Léo Moura e Pará fizeram a mesma quantidade de jogos, 33 cada, sendo que o flamenguista foi sempre titular e o então gremista entrou uma vez na etapa final. Nos minutos jogados, uma diferença bem sutil a favor de Pará: 3.051 min, contra 3.008min de Léo Moura. Ambos cumpriram duas suspensões (sendo uma de Léo por expulsão). Pará não teve lesões, mas foi poupado de um jogo e ficou no banco sem entrar em outros dois. Já Léo perdeu um jogo por lesão muscular (sentiu na 32ª e desfalcou na rodada 33ª) e foi poupado em outros dois.

Em termos de ataque, bastante equilíbrio. Ao contrário de Pará, que passou em branco, Léo Moura fez um gol no Brasileirão 2014, marcado de pênalti, mas também desperdiçou a outra cobrança que fez durante a competição. Ao todo, Léo finalizou 11 vezes e Pará, 13, cada um acertando a direção do gol três vezes (incluindo o pênalti perdido por Léo Moura). Como curiosidade, nas duas faltas que cobrou, Pará acertou a barreira. Léo não bateu nenhuma.



Há igualdade entre eles em assistências, com uma cada, mas Léo Moura mostrou-se mais importante para seu time no que diz respeito aos passes gerais para finalizações dos companheiros. Foram 31 (11% do total do Flamengo) contra 26 de Pará (8,5% do total do Grêmio). Com um detalhe: Léo foi mais à linha de fundo nessas jogadas. Ele fez 12 passes para finalização a partir da ponta direita (38,7% do seu total), enquanto Pará apenas quatro (15,4%). Pará serviu desde a intermediária em 69,2% das vezes, enquanto Léo em 45,1%.

Como marcador, Pará dá sinais de ter mais vigor. Ele roubou 48 bolas contra apenas 35 de Léo Moura no último Brasileiro. Seu maior número de faltas cometidas, embora passível de críticas, também demonstra seu ímpeto no combate. Foram 42 contra apenas 25 infrações de Léo Moura. Somadas as roubadas com as faltas cometidas, Pará tem 90 dessas ações defensivas contra 60 do concorrente Léo. Nos cartões amarelos, Pará tomou sete e Léo, cinco, mas o veterano de Flamengo foi expulso uma vez, enquanto o recém-contratado não recebeu vermelhos.

A disputa está aberta e, por enquanto, igualitária. Nos dois primeiros amistosos do Flamengo em 2015, contra Shakhtar Donetsk e Vasco, Léo e Pará jogaram em um tempo cada. O capitão iniciou como titular em ambos os compromissos. 

Veja abaixo os números dos laterais rubro-negros:



Fonte: GE

Mais informações »

Laprovittola desequilibra, e Fla vence o Malvin na estreia na Liga das Américas

Foi bem mais tranquilo do que os rubro-negros imaginavam. Ainda mais levando em conta que o Flamengo estreou na Liga das Américas desfalcado do ala Marquinhos e do armador Gegê, vetados pelo departamento médico. O que não chega a ser um problema para o técnico José Neto com o elenco que ele possui. Apagado na primeira metade do NBB, Nicolas Laprovittola voltou a ser o jogador decisivo da temporada passada. Com 25 pontos, 10 assistências e sete rebotes, o argentino ficou muito perto de um triplo-triplo e comandou a vitória sobre Malvin, do Uruguai, por 97 a 74 (44 a 31), nesta sexta-feira, em Cancún, no México. O clube carioca volta à quadra neste sábado contra o Los Leones de Quilpué, do Chile, às 22h15 (horário de Brasília). A partida tem transmissão ao vivo do SporTV  e cobertura em Tempo Real do GloboEsporte.com. 
Olivinha, Malvin X Flamengo - Basquete (Foto: Etzel Espinosa / FIBA)
Além do argentino, Olivinha, com 24 pontos e nove rebotes, e Jerome Meyinsse, com 13 pontos e oito rebotes, também se destacaram. Benite fez 12, Herrmann anotou 11 e Marcelinho 10. Pelo lado dos uruguaios, o americano kennedy Winston foi o maior pontuador com 21 pontos. Favoni anotou 13, Newsome 12 e Souberbielle 11.
O JOGO
Foi um primeiro quarto em que as defesas foram batidas facilmente. Principalmente nos cinco minutos iniciais. Após abrir o marcador com Olivinha, o Flamengo demorou para encontrar seu ritmo de jogo. Se no ataque as bolas de três cismavam em não cair - foram cinco erradas em cinco tentadas -, na defesa o time carioca permitia que os uruguaios jogassem livres. Com Souberbielle inspirado - o armador anotou nove pontos no quarto -, o Malvin abriu três pontos em duas oportunidades e liderou o marcador até a metade do período. 
Irritado, Neto parou o jogo. O pedido de tempo deu certo, e o time carioca entrou no jogo. Com Olivinha e Meyinsse certeiros no ataque - a dupla anotou 18 dos 24 pontos rubro-negros no período -, o Flamengo reagiu, passou a frente com Marcelinho e não perdeu mais a dianteira. Com uma defesa mais agressiva nos minutos finais, os atuais campeões ainda conseguiram abrir cinco pontos de frente ao fim do quarto (24 a 19).
Mas a irregularidade do início do jogo se transformou em apagão nos quatro primeiros minutos da segunda parcial. Foi exatamente esse o tempo em que os rubro-negros ficaram sem pontuar. A coisa só não desandou porque os uruguaios só conseguiram anotar três pontos nesse período. Mas foi novamente após um pedido de tempo do técnico José Neto que os atuais campeões acordaram. 
Desta vez, para valer. Muito em função do argentino Nicolas Laprovittola. Apagado nos 10 minutos iniciais, o argentino chamou a responsabilidade para si, anotou sete pontos e tirou o Rubro-Negro do sufoco. O apagão, agora, era do lado uruguaio, que permitiu que o Flamengo anotasse 11 pontos consecutivos e ampliasse a diferença para 16 pontos. O time carioca só não levou essa vantagem para o intervalo graças a uma bola de três de Mazzarino quase no estouro do cronômetro (44 a 31). 
Meyinsse, Malvin X Flamengo - Basquete (Foto: Etzel Espinosa / FIBA)
O Flamengo não teve um bom início de segundo tempo. Disperso na defesa e errando demais no ataque, o time carioca permitiu a reação dos uruguaios, que fizeram 13 a 6 e diminuíram o prejuízo para seis pontos. Com uma bola de três, apenas a segunda em dez tentativas do Flamengo, Olivinha freou a reação do Malvin e tirou os rubro-negros do sufoco. 
Os uruguaios continuavam mais regulares e mantinham a diferença entre seis e oito pontos. Até que após seis arremessos errados, Marcelinho finalmente acertou sua primeira bola de três na partida. O lance devolveu a confiança aos rubro-negros, principalmente de Laprovittola. O argentino fez 10 pontos em pouco mais de dois minutos e foi decisivo para a diferença chegar a 22 pontos ao fim do terceiro período.
Com a vitória nas mãos, o Flamengo só precisou administrar a ótima vantagem e deixar o tempo passar para começar com a mão direita a luta pelo bicampeonato da Liga das Américas. Nem a eliminação do capitão Marcelinho com cinco faltas no começo do último período atrapalhou os planos do time rubro-negro. Nos dois minutos finais, José Neto ainda aproveitou para poupar seus titulares e colocou Danielzinho e Chupeta em quadra.  
FLAMENGO: Laprovittola (25), Marcelinho (10), Herrmann (11), Olivinha (24) e Jerome Meyinsse (13). Técnico: José Neto. Entraram: Benite (12), Cristiano Felício (2), Chupeta e Danielzinho.
MALVIN: Souberbielle (11), Mazzarino (5), Winston (21), Bavosi (13) e Asselin (7). Técnico: Pablo López. Entraram:  Newsome (12), Martinez (3), Fomoli (2), Silvarrey e Santiso.
Confira a tabela do Grupo B - sede em Cancún (MEX)
Dia 23/01
22h15 - Malvin (URU) 74 x 97 Flamengo (SporTV 3)
00h30 - Pioneros de Quintana Roo (MEX) 109 x 83 Leones de Quilpué (CHI)

Dia 24/01
22h15 - Flamengo x Leones de Quilpué (SporTV 2)
00h30 - Malvin x Pioneros de Quintana Roo
Dia 25/01
22h15 - Leones de Quilpué x Malvin 
00h30 - Pioneros de Quintana Roo x Flamengo (SporTV)
Fonte: GE

Mais informações »